fbpx
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Praticar atividade física no Inverno exige cuidados extras

Mas, ao pensar nas recompensas – já que o frio pode aumentar os efeitos do exercício – você vai mudar de idéia bem rápido. É importante destacar que algumas observações e modificações no treinamento físico podem e devem ser realizadas para um bom desempenho.

Muitas pessoas evitam totalmente o frio exercitando-se em ambientes fechados durante o inverno. Porém, aquelas que decidem continuar com o exercício ao ar livre não costumam correr um grande risco, pois o exercício faz com que o corpo gere grandes quantidades de calor, uma vez que o nosso organismo possui mais de 400 músculos, os quais possuem a função de gerar calor para a pessoa através do tremor muscular, entre outras funções.

As mudanças fisiológicas geradas no organismo nessa época aceleram o metabolismo e o gasto calórico, auxiliando na queima de gordura e na diminuição do peso. O gasto calórico durante a prática de exercícios em ambientes frios pode ser mais alto devido à maior atividade muscular, afinal o corpo demora mais para atingir o aquecimento ideal no inverno do que no verão.

Para manter a motivação mesmo no Inverno, é preciso ter objetivos bem definidos e manter uma rotina de treinamento físico. A flexibilidade de horários pode proporcionar maior conforto e aderência ao treinamento. Já para quem não quer se exercitar nas ruas ou parques, praticar atividades em ambientes fechados ou climatizados como academias e clubes é uma alternativa para não ficar parado no inverno.

Quando se faz um treinamento físico em dias frios, o risco de lesões musculares é maior, principalmente nas atividades de alta intensidade, como a corrida, por exemplo. Tenho observado que a maior incidência de lesões durante o exercício acontece no inverno e as causas são o alongamento forçado, já que as fibras musculares ficam mais contraídas, e a falta de aquecimento muscular e articular.

Temos que levar em consideração alguns aspectos: antes do alongamento, realizar uma caminhada em ritmo leve a moderado e com movimentação de braços e pernas em vários sentidos por aproximadamente 5 a 10 minutos; para prevenir dores e acelerar a recuperação da musculatura, o alongamento após o exercício também é essencial, além de melhorar a flexibilidade.

Ao encerrar o seu treino procure trocar sua roupa úmida o mais rápido possível, pois a ação do vento frio acelera o resfriamento podendo causar uma hipotermia. Sugiro para não ir se exercitar direto de bermuda e camiseta regata, mas com um agasalho, uma roupa um pouco mais quente para aquecer durante a caminhada e gradativamente você irá retirando uma peça de roupa mais pesada.

As atividades indicadas no Inverno são as mesmas das outras estações: caminhada, corrida, musculação, ciclismo. Porém, a prática de atividades durante as baixas temperaturas exige maiores cuidados, então devemos seguir algumas regras:

  • Para que o corpo atinja a temperatura ideal, aqueça no mínimo vinte minutos;
  • Concentre a atenção aos membros mais exigidos durante o exercício;
  • Pessoas que sofrem doenças respiratórias, como bronquite, asma ou sinusite, devem evitar lugares abertos;
  • Use tênis com meias de algodão ou fibra de bambu, para maior conforto e absorção do suor;
  • Tome uma xícara de café antes de iniciar a atividade;
  • Hidrate o corpo. Apesar de a transpiração ser menor em dias frios, perde-se muito líquido. Portanto, beba água antes, durante e após a atividade física;
  • Utilize capuz ou gorro somente se a temperatura estiver muito baixa;
  • É desaconselhável o uso de agasalhos de plástico ou de tecido emborrachado.

Observo que em anos anteriores, a queda no número de freqüentadores das academias chegava a 50%, mas hoje as pessoas apenas diminuem a freqüência das atividades. Se no verão eles fazem todo dia, no inverno eles fazem três vezes por semana. As pessoas já não abandonam a academia como antes, por que já temos a informação de que a interrupção de uma atividade física, principalmente no inverno, fragiliza o organismo, pois a prática regular de exercícios aumenta a resistência orgânica do indivíduo.

É necessário mudar esse pensamento de que atividade física só se pratica no Verão. Quando você pratica uma atividade o ano inteiro, você tem a recompensa de se sentir bem com seu corpo e manter a qualidade de vida em qualquer estação.

Fonte: Praticar atividade física no Inverno exige cuidados extras – Clínica Livon (clinicalivon.com.br)

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.

Open chat
1
Olá,
como podemos ajuda-lo?